Blogger news

3 de fev de 2012

O antigo director do FMI

O antigo director do FMI, António Borges, vai coordenar uma equipa que terá como missão acompanhar as privatizações e as parcerias público privadas.
O anuncio da criação desta equipa e da escolha de António Borges para a liderar foi feto pelo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho. numa entrevista ao semanário Sol que será publicada na edição desta sexta-feira.
O primeiro-ministro explica que esta equipa vai acompanhar os processos de privatizações, as negociações das parcerias público privadas (PPP), a reestruturação do sector empresarial do Estado e a situação do sector financeiro nacional.
Pedro Passos Coelho diz que esta medida vai permitir uma melhor implementação das reformas previstas no programa de assistência externa. Nesta entrevista, o primeiro-ministro não adiantou a data para a nomeação da equipa, garantindo apenas que isso acontecerá em breve.
MAS QUEM É ESTE HOMEM ?

Antonio Borges foi anteriormente director do Departamento Europeu do Fundo Monetário Internacional e antes disso foi o presidente do ECGI, um cargo que ocupava desde o Instituto foi fundado em 2002.
Em junho de 2008, foi nomeado presidente do Hedge Fund Standards Board. Anteriormente, ele foi vice-presidente da Goldman Sachs International, que ingressou em setembro de 2000. Suas responsabilidades incluíam banca de investimento, desenvolvimento de liderança e estratégia.
Antes disso ele foi reitor da INSEAD, entre 1993 e 2000. Juntou-se professores do INSEAD em 1980 e também ensinou na Universidade de Lisboa, Católica Português ea Universidade de Stanford. Entre 1990 e 1993, Antonio Borges era vice-governador do Banco de Portugal, onde assumiu um papel de liderança na liberalização do sistema financeiro de Portugal. Ele também trabalhou a nível europeu sobre o projecto de União Económica e Monetária.
Ele se formou pela Universidade Técnica de Lisboa e mantém sua MA e PhD em Economia pela Stanford University.

Nenhum comentário:

Postar um comentário